Ânia Gabriel Abrantes arquitectura
Ânia Gabriel Abrantes arquitectura
DSC_4374_ania.jpg

da água ao jardim

revestimento cerâmico de um túnel sob o caminho-de-ferro

REVESTIMENTO CERÂMICO DE UM TÚNEL SOB O CAMINHO DE FERRO

O revestimento cerâmico foi desenhado para as duas paredes de um túnel sob a linha de caminho de ferro localizada no centro da cidade de Aveiro. Esta passagem constitui uma ligação entre uma área dominada pela presença da ria e uma área dominada pela presença de espaço verde extenso - entre a água e o jardim.

As dimensões do túnel e a sua proporção física e visual, pouco confortável para a passagem a pé ou de bicicleta, convidam a uma intervenção estética que contribua para a humanização deste espaço, trazendo cor, luminosidade e adequação da escala a este espaço público.

imagem do concurso

imagem do concurso

A proposta contempla uma composição gráfica que parte do círculo como figura geométrica principal, numa variação de dimensão dentro do quadrado que é o próprio azulejo, respeitando a sua forma e a matriz do seu conjunto.

Propõe-se uma sensação ilusória de movimento, de cinetismo vibrátil conseguido através do jogo da duas formas e exponenciado pelo uso de três cores, num gradiente entre azul, branco e verde, retratando as duas áreas que são ligadas pelo túnel.

A representação geométrica é adequada ao reduzido tempo de visualização e à distância e ao movimento do observador - um gesto de ligação e de movimento. 
O painel foi executado na fábrica Revigrés, uma área total de 520 m2 com 19.125 peças cerâmicas de 16,5 x 16,5cm com 21 desenhos diferentes de cada cor, ou seja, 63 desenhos de azulejos estudados individualmente e encarados como um todo.

composição das paredes

composição das paredes

unidades de azulejo

unidades de azulejo

diagrama conceptual

diagrama conceptual

 

Autoria: Ânia Gabriel Abrantes

Local: Túnel do Barreiro Jurássico, Aveiro

Cronologia: projecto 2011 - obra 2013

Fotografia: Diogo Moreira