Ânia Gabriel Abrantes arquitectura
Ânia Gabriel Abrantes arquitectura
20160718_ANIA_COSTANOVAHOUSE_253.jpg

Vila Fonseca

reabilitação de uma habitação da Costa Nova do Prado

REABILITAÇÃO DE MORADIA DE FINAIS DO SÉCULO XIX NA COSTA NOVA DO PRADO

A Vila Fonseca é uma moradia de pequena dimensão que documenta uma época de construção de adobes e de desenho de fachada muito particular e já rara nesta zona. Abandonada há muitos anos, estava em severo risco de ruína.

O objectivo do projecto foi recuperar o valor original da sua frente no conjunto urbano e, simultaneamente, permitir o seu uso como habitação de férias de família de acordo com as formas de viver contemporâneas.

Para tal, executou-se um reforço para a preservação da fachada frontal, procurou-se o tom correcto da pintura, recuperaram-se as caixilharias de madeira e restauraram-se os trabalhos dos beirados. Adequou-se a nova construção posterior à utilização interior em dois pisos ajustando as cotas dos tectos.

A intervenção procurou reduzir os constrangimentos decorrentes de mais de 100 anos de mudanças na envolvente à Vila - como o seu 'enterramento' devido à subida do nível da estrada, os vários problemas estruturais causados por pequenas intervenções não qualificadas e a fraca exposição solar com as enormes sombras criadas pelas construções ilegais a Nascente/Sul. 

               Piso 0                                                                                                                                               Piso 1

              Piso 0                                                                                                                                               Piso 1

No interior organizou-se a distribuição com uma nova entrada pela lateral, comunicante com a escada central da habitação. O desenho desta escada aberta e alinhada com o grande vão transparente rasgado no telhado permite que a luz natural de Poente ilumine os dois pisos, banhando todo o interior com a luz quente do entardecer.

Dada a reduzida área de implantação de 60m2, a estratégia espacial e funcional passou por distribuir os dois quartos e wc's no piso 0 e criar um espaço amplo com o tecto inclinado no piso 1, com a abertura da escada a definir os perímetros da sala de estar e da sala de jantar/cozinha.

A geometria e a dimensão dos vãos da fachada posterior contrasta com as reduzidas janelas da frente, aproveitando ao máximo a luminosidade de Sul e a relação com o terraço exterior, ampliado com uma varanda ideal para as refeições da família ao ar livre no verão.

 Piso 1
 Cozinha

A opção dominante em termos visuais foi o tom de branco, repetido nas paredes, tectos, carpintarias e revestimentos. A escada é o elemento inesperado, uma 'caixa' iluminada em madeira de carvalho natural, marcante nos percursos e na interacção entre os espaços.

 Escada
 

Autoria: Ânia Gabriel Abrantes

Local: Costa Nova do Prado, Aveiro, Portugal

Cronologia: projecto 2012 - obra 2016

Fotografia: its.ivo tavares studio